CARREGANDO...

RECURSOS HUMANOS

Investir seu talento na CSP é aliar-se a um projeto inovador para o Brasil, em especial para o Nordeste, que está recebendo sua primeira siderúrgica integrada. Os números que envolvem a Companhia demonstram sua grandeza. Somente na fase de construção da usina, que está em andamento, serão 18 mil empregos diretos e indiretos. Para fazer a siderúrgica operar, a CSP irá gerar 3.200 mil empregos diretos e 12 mil indiretos. 

O sucesso desse projeto depende do envolvimento e da qualificação desses profissionais. A CSP irá produzir 3 milhões de toneladas de placas de aço por ano (na primeira fase), mas entende que sua maior riqueza é o capital humano. Quem abraça o projeto CSP, abraça a oportunidade de fazer parte de um momento histórico para o estado do Ceará.   

      PROGRAMAS CSP

      A Companhia Siderúrgica reconhece seus impactos e a sua importância. Por isso, atua em diversas frentes, a exemplo da proteção ambiental, da sustentabilidade e do desenvolvimento humano e profissional, apoiando iniciativas de parceiros, mas, sobretudo, realizando programas com resultados efetivos desde o início de sua implantação. Conheça-os:

      • Projetos 29/10/2013
        PROGRAMA DE ENCAMINHAMENTO AO TRABALHO
        O PET tem como objetivo despertar vocações e potencialidades a serem desenvolvidas no Ceará e localidades próximas ao empreendimento, treinando e capacitando a população para cada fase da usina (da construção à operação). A iniciativa é realizada pela CSP, junto à FIEC e SENAI, contando também com a parceria de outras entidades de classe, governo e instituições de ensino, buscando a qualificação de pessoas e a inserção do conhecimento técnico nas escolas e empresas da região. 
      • Projetos 30/10/2015
        PROGRAMA DE QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL
        O Programa de Qualificação Profissional da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), realizado em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), já comemora as primeiras contratações. A previsão é que cerca de 900 alunos formados pelo Programa de Qualificação Profissional sejam contratados até o início da operação. O programa teve início em março deste ano e recebeu mais de 15 mil inscrições.